UMA EXPERIÊNCIA EMPREENDEDORA DE BIBLIOTECÁRIOS DA ÁREA DA SAÚDE EM SANTA CATARINA

Izildinha Ramos Accetta

Marli Machado

Resumo: Apresenta a história e evolução do Grupo de Bibliotecários em Informação em Ciências da Saúde de Santa Catarina - GBICS/SC. Resgata os trabalhos, cursos e eventos realizados, além de demonstrar as atitudes empreendedoras que  tornaram possível a criação do grupo.

Palavras-chave: Bibliotecário; Movimento associativo; GBICS/SC; Saúde – bibliotecários; Empreendedorismo

1 INTRODUÇÃO

A realização profissional implica numa necessidade de atualização profissional constante e tem sido discutida e incentivada em eventos por todo o Brasil e no exterior.

Uma atitude empreendedora é impulsionada por uma grande necessidade de auto-realização, coragem para assumir riscos e autoconfiança.

A realidade do trabalho no Brasil é particular e peculiar, exigindo que qualquer profissional busque, com muita criatividade, formas que possibilitem manterem-se atualizados em suas áreas de atuação.

Em 1997, Bibliotecários da área da saúde de SC, decidiram investir num empreendimento  cujo lucro seria a possibilidade de adquirir conhecimento a curto prazo e custo.

Desde os primeiros contatos e reuniões realizadas em 1997, culminando na criação do GBICS/SC – Grupo de Bibliotecários em Informação em Ciências da Saúde de Santa Catarina, muitas conquistas foram obtidas e, atualmente, novos projetos estão em andamento.

A história da criação desse grupo, os objetivos para a sua existência, a dinâmica de trabalho estabelecida para atingir esses objetivos, experiências vividas e projetos em andamento, serão apresentados neste artigo que pretende demonstrar que o empreendedorismo é uma possibilidade que permite a um profissional da área de informação construir conhecimento e conquistar novos espaços.

2 EMPREENDEDORISMO NA BIBLIOTECONOMIA

O termo empreendedor, do francês entrepreneur caracteriza aquele que assume riscos e começa algo novo. Para Longenecker (apud CHIAVENATO, 2004, p.3) “o empreendedor é a pessoa que inicia e/ou opera um negócio para realizar uma idéia ou um projeto pessoal assumindo riscos e responsabilidades e inovando continuamente.”

O espírito empreendedor está presente nas pessoas que, mesmo sem fundarem uma empresa ou um negócio próprio, preocupam-se, assumem riscos e inovam.

O empreendedor caracteriza-se basicamente pela:
a)    necessidade de realização: “as pessoas com alta necessidade de realização gostam de competir com um certo padrão de excelência e preferem ser pessoalmente responsáveis por tarefas e objetivos que atribuíram a si próprias” (CHIAVENATO, 2004, p.6);
b)    disposição para assumir riscos: McClelland (apud CHIAVENATO, 2004, p.6) verificou que “as pessoas com alta necessidade de realização têm propensões para assumir riscos;
c)    autoconfiança
O Bibliotecário empreendedor terá possibilidades infinitas para se desenvolver profissionalmente e o mercado de trabalho tem espaço para o profissional com esse perfil.

2.1 História do GBICS/SC

Idéias surgem em conversas, muitas vezes informais. A idéia de se formar um grupo para trocar informações nasceu no início de 1997, de um desses contatos informais entre alguns bibliotecários da área de saúde de Florianópolis. O objetivo desse pequeno grupo, a princípio, foi trocar experiências profissionais e, com urgência, encontrar  uma forma de agilizar o processo do serviço de comutação bibliográfica.

Esses contatos resultaram numa reunião realizada paralela ao 16º. Painel de Biblioteconomia e Documentação em Santa Catarina, em 22 de outubro de 1997, com um representante do Grupo de Bibliotecários de Informação e Documentação Jurídica - SC e de bibliotecários de instituições ligadas à área de saúde buscando orientações e esclarecimentos para a formação de um grupo de estudos ligado à ACB -  Associação Catarinense de Bibliotecários.

Em 14 de novembro de 1997, em reunião ocorrida na ACB, foi oficialmente criado o  GBICS/SC - Grupo de Bibliotecários de Informação em Ciências da Saúde de Santa Catarina.

No final de 2004 o grupo contava com 20 participantes de 18 instituições do estado, mantendo encontros mensais pré programados, planejando e realizando fóruns de discussão anualmente, viajando, oferecendo cursos, buscando cursos e outros profissionais da área da saúde para discussão. Tudo isso visando atingir os seguintes objetivos traçados pelo grupo em seu regimento: 
a)    estimular o desenvolvimento e aperfeiçoamento profissional mediante o intercâmbio de experiências;
b)    promover o entrosamento profissional de seus membros;
c)    proporcionar o intercâmbio e cooperação entre os organismos de informação e instituições afins, do país exterior;
d)    divulgar as normas bibliográficas aos membros do Grupo, incentivando a uniformização de publicações de sua área de atuação;
e)    promover pesquisas no campo da Biblioteconomia ou área afins de modo a aprimorar e divulgar os conhecimentos de seus integrantes;
f)    dar apoio à ACB na execução de seus projetos;
g)    disseminar as atividades do grupo;
h)    realizar, publicar e divulgar trabalhos que contribuam para o aprimoramento da classe e/ou intercâmbio de informações úteis para as atividades profissionais.

2.2 Reuniões mensais

As datas das reuniões são estabelecidas na primeira reunião de cada ano buscando sempre contemplar todas as regiões do estado representada no grupo. Dessa forma as viagens para a reunião também se tornam viagens de estudos a partir do momento que oferece a possibilidade de conhecer outra biblioteca, outros profissionais e nesse entrosamento a riqueza maior acontece na troca de experiências.

Para cada reunião está determinada a seguinte pauta:
a)    Palestra
b)    Planejamento de atividades e discussão de assuntos diversos
c)    Café
d)    Clube da leitura
A palestra deve ser oferecida pelo hóspede da reunião e deve tratar de assunto relacionado à saúde em geral ou da área da informação. Dessa forma, ao longo desses anos, o grupo já foi contemplado com temas sobre a importância do exercício físico, como beber água e seus  benefícios para nosso organismo, auto-conhecimento, relaxamento, o trabalho saudável em grupo, a arte na saúde, biblioterapia, a humanização nos serviços hospitalares e muitos outros temas que tem possibilitado, aos membros do grupo, momentos de reflexão e gerado conhecimento.

O planejamento dos trabalhos tem trazido ao grupo a possibilidade de empreender no verdadeiro sentido da palavra. Para cada um dos eventos realizados foi adotado uma metodologia de trabalho em sub-grupos de organização com um líder organizador.

Cada sub-grupo tem a responsabilidade de escolher o melhor local para realização do evento, escolher dos palestrantes, buscar recursos financiadores e parcerias, divulgação, ornamentação, recepção, emissão de certificados, etc.

Trabalhando com essa metodologia o GBICS/SC é responsável pela realização dos Fóruns de Informação em Ciências da Saúde de 2000 a 2003, viagem  de estudos para São Paulo, cursos de capacitação para acesso a bases de dados para profissionais da área da saúde em três cidades de Santa Catarina, trouxe cursos da BIREME para Santa Catarina e tornou acessível aos membros do grupo, a participação em cursos oferecidos pela ACB.

O clube da leitura foi introduzido nas reuniões com o objetivo de divulgar um trabalho que o hóspede da reunião considera interessante para o grupo. Com essa experiência foi possível conhecer um pouco da história da medicina, recursos para a educação médica, evolução dos currículos em medicina, história de bibliotecas da área da saúde, entre outros.

2.3 Fórum de Informação em Ciências da Saúde

Anualmente o GBICS/SC tem realizado, paralelo ao Painel de Biblioteconomia de Santa Catarina o Fórum de Informação em Ciências da Saúde com os seguintes temas:
a)    2000 – I  Fórum de Informação em Ciências da Saúde – “A informação em saúde frente às novas tecnologias”;
b)    2001 – II Fórum de Informação em Ciências da Saúde – “A Informação em Saúde ao Seu Alcance”;
c)    2002 – III Fórum de Informação em Ciências da Saúde – “A saúde o e o ambiente de trabalho do profissional da informação”.
Em 2003, o  IV Fórum de Informação em Ciências da Saúde teve como tema a “Responsabilidade Social do Bibliotecário na formação médica”. Esse foi um evento que ofereceu ao grupo  uma experiência bastante significativa pois, foi  realizado paralelo ao 41o.Congresso Brasileiro de Educação Médica em Florianópolis. O grupo teve uma calorosa acolhida por parte da comissão organizadora do congresso permitindo a todos visualizar a complexidade da organização de um evento desse porte.

O entrosamento com a ABEM trouxeram novas perspectivas de trabalho para os membros do grupo que atuam com educação médica como participação em grupos específicos de estudo e indexação de artigos em bases de dados sobre educação médica a ser disponibilizada pela BIREME no próximo mês de novembro durante o encontro anual desse órgão.

Para o ano de 2004 o V Fórum de Informação em Ciências da Saúde teve como tema “A visão e o fazer empreendedor do profissional da informação” e deverá ser realizado paralelo ao XXIII Painel de Biblioteconomia de Santa Catarina.

2.4 Cursos oferecidos pelo GBICS/SC

Uma estratégia para trazer recursos financeiros para o GBICS/SC foi implementar um  curso para acesso a bases de dados na área da saúde.

A BIREME – Centro Latino Americano e do Caribe em Ciências da Saúde, reconhece os membros do GBICS/SC como duplicadores e apóia os cursos enviando material didático on-line, senha de demonstração e, principalmente incentivando esse trabalho.

Com esse apoio e o conhecimento dos profissionais do grupo foi estabelecido um programa que contempla os aspectos necessários para a compreensão do uso das bases da BIREME – Medline, Lilacs, Cochrane Library, uso de conectores booleanos, descritores de saúde e localizador de informação em saúde. Esse programa, distribuído num curso de 8 horas e  com certificado do GBICS/SC – ACB, foi divulgado para a região das instituições que fazem parte do grupo. Dessa forma foram realizados os cursos em Rio do Sul, Xanxerê e Jaraguá do Sul.

Com o sucesso dos cursos realizados, foi tomada a decisão de investir em material de divulgação  para todo o estado de Santa Catarina a partir de 2005.

2.5 Catálogo coletivo e intercâmbio

Uma das necessidades do grupo foi agilizar o processo de comutação bibliográfica porque estava sendo comum a busca de documentos em grandes centros visto não se conhecer o acervo de unidades pequenas da mesma cidade.

A partir da criação do GBICS/CS, uma das primeiras atividades a ser implementada foi o catálogo coletivo para dar visibilidade ao acervo de cada instituição.

A primeira versão do catálogo coletivo do GBICS/SC foi um calhamaço de papel impresso com informações do acervo de cada instituição. Numa segunda versão já foi possível juntar as informações usando  os recursos do Excel/Windows.
Atualmente, está disponível no site do GBICS/SC, links para todas as instituições que disponibilizam o catálogo on-line e links para os arquivos das instituições que ainda utilizam catálogo local.

Dessa forma, o intercâmbio de informações entre os membros do grupo, tem acontecido com agilidade e rapidez permitindo que o atendimento ao usuário seja eficiente e eficaz.
   

2.6 Site do GBICS/SC

O site do GBICS/SC foi disponibilizado em agosto de 2000 e idealizado pela Bibliotecária Marli Machado que na época ainda era estudante de Biblioteconomia. Nele estão todos os dados sobre o grupo, endereços e contatos de todos os integrantes, relatórios de atividades e dos eventos realizados. Está sendo atualizado pela autora que se mantém ativa no grupo e na profissão.

3 CONCLUSÃO

O GBICS/SC se consolidou como grupo de profissionais da informação em ciências da saúde e está sendo reconhecido em nível nacional. Já houve solicitação de profissionais de outro Estado  para participar do grupo mas, por enquanto, o regimento ainda não permite. Crescer na região sul já é uma meta estabelecida. É hora de trabalhar para atingir essa meta e esse compromisso está sendo assumido por todos com atitude de empreendedores  que sabem onde querem chegar.

Cada um dos integrantes reconhece o espaço criado pelo grupo como um local de crescimento pessoal e profissional. A gestão do conhecimento está acontecendo de maneira natural porque todos estão atendendo as necessidades de informação, confiando em suas capacidades e assumindo os riscos necessários para atingir os objetivos individuais e do grupo.

REFERÊNCIAS

ARRUDA, Maria da Conceição Calmon; MARTELETO, Regina Maria; SOUZA, Donaldo Bello. Educação, trabalho e o delineamento de novos perfis profissionais: o bibliotecário em questão. Ciência da Informação, Brasília, v. 29, n. 3, p .14-24,  set./dez. 2000.
BAPTISTA, Sofia Galvão. Empresário da informação. Revista de Biblioteconomia de Brasília, Brasília, v. 19, n. 2, p. 219-233, jul/dez.1995.
CHIAVENATO, Idalberto. Empreendedorismo : dando asas ao espírito empreendedor. São Paulo : Saraiva, 2004. , 278 p.
HONESKO, Astrid; LONGO, Rose Mary Juliano. Empreendedorismo em bibliotecas universitárias : um estudo do cenário paranaense. 2001. 124f. Dissertação (Mestrado em Biblioteconomia e Ciência da Informação) – Faculdade de Biblioteconomia, PUC; Departamento de Ciência e Gestão da Informação – UFPR, Capinas, 2001.
LONGENECKER, Justin Gooderl. Administração de pequenas empresas. São Paulo : Makron Books, 1998. 868p.
SILVA,  Edna Lúcia da; CUNHA, Miriam Vieira da. A formação profissional no século XXI: desafios e dilemas. Ciência da Informação, Brasília, v. 31, n. 3, set./dez. 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-19652002000300008&lng=pt&nrm=isso Acesso em : 06 ago. 2004.
   
_________

INTRAPRENEURSHIP EXPERIENCE FROM HEALTH LIBRARIANS GROUP AT SANTA CATARINA STATE

Abstract: It presents the history and evolution of the Healht Librarians Group  of Santa Catarina State - GBICS/SC. Experience about works, courses and events, looking to demonstrate the intrapreneurship attitudes that create these group.

Keywords: Librarian; Librarian Association; GBICS/SC; Health - librarians; Intrapreneurship

_________

Izildinha Ramos Accetta

Bibliotecária – Biblioteca Central da FURB. Especialista em Qualidade da Comunicação.
E-mail dinha@furb.br 

Marli Machado

Bibliotecária – Biblioteca Comunitária da UNIVALI – Balneário Camboriú  
E-mail  marlimachado@hotmail.com

Rev. ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 10,  n. 2, p. 261-267, jan./dez., 2005.

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis (Brasil) - ISSN 1414-0594

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.