ARQUIVO HISTÓRICO DO FIGUEIRENSE FUTEBOL CLUBE

Adriana Marques

Raquel Sell Pires

Resumo: Este artigo tem a finalidade de relatar e divulgar as atividades desenvolvidas no Arquivo Histórico do Figueirense Futebol Clube, focalizar a importância da memória institucional, sua organização, recuperação e uso. Destaca-se a organização e recuperação de documentos da memória, tais como: camisas, bolas, troféus, além das fotografias da instituição. Como resultado está a presença da memória institucional. Pode-se concluir a importância da bibliotecária em organizar e recuperar a informação em outros ambientes.
Palavras-chave: Arquivo Histórico; Figueirense Futebol Clube; Memorial.
 

1 INTRODUÇÃO

Desde os tempos mais remotos da civilização, o homem sentiu necessidade de comunicar-se, iniciando com a linguagem simbólica até chegar na escrita. Evoluiu também o suporte em que a escrita era registrada, modificando assim os “documentos”. Em decorrência desses registros, surgiu o que podemos chamar primitivamente de arquivos, ou seja, formas de guardar esses registros. Resumindo, de forma simplificada, guardar é arquivar. O Figueirense Futebol Clube, fundado em 12 de junho de 1921, possui uma história de muitos títulos e apresentou um crescimento surpreendente, principalmente a partir do ano de 1999, quando passou a ser empresa, na administração de Paulo Sérgio Gallotti Prisco Paraíso. Desde então vem disputando vários campeonatos importantes, e retornou a Série A do Campeonato Brasileiro no ano de 2002, disputando, no momento, o quarto ano consecutivo.

Depois desta mudança, a Diretoria do clube resolveu, resgatar fotografias de várias décadas conseguidas através de uma campanha realizada através da mídia, com doações de fotografias, carteirinhas de sócios antigas, camisas e outros itens relacionados com o clube. O atual Presidente do clube Norton Flores Boppré, juntamente com o historiador Jairo Roberto de Souza; jornalista Ariel Bottaro Filho; fotógrafo Cristiano Schmidt Andujar e outros colaboradores como Fausto Silva Júnior, torcedores e a Associação dos Amigos do Figueirense Futebol Clube (ASFIG) criaram o Memorial, inaugurado em 12 de junho de 2001, resgatando toda a história do clube e com a finalidade e a garantia de que o material será guardado e exibido com segurança, além de ser um patrimônio cultural de parte da história do futebol de Santa Catarina. A partir do ano de 2002, teve início a organização de fotografias e demais documentos em uma sala denominada Arquivo Histórico.

O artigo visa resgatar a importância da memória institucional, sua organização, recuperação e uso no Figueirense Futebol Clube, bem como ressaltar o surgimento de um novo campo de trabalho, o da área esportiva, para os profissionais de biblioteconomia.
 

2 ORGANIZAÇÃO E RECUPERAÇÃO DA MEMÓRIA INSTITUCIONAL

 A organização e a recuperação da memória institucional nada mais é do que a história do clube relatada através de fotografias, atas, fichas de jogos, camisas de jogadores, troféus e outros objetos que comprovam a existência dos fatos acontecidos desde a sua fundação até os dias atuais.

Toda instituição, seja ela um clube de futebol ou até mesmo uma empresa de materiais de construção, precisa conservar e manter organizada toda a documentação que considere fundamental para a manutenção do seu valor histórico perante a sociedade.
 

2.1 Histórico do Arquivo


Quando o Figueirense Futebol Clube comemorava seus 80 anos foi inaugurado o Memorial – 12 de junho de 2001 – para resgatar toda a trajetória de um time do qual muitos não acreditavam no potencial, na garra, na força dos alvinegros. No ano de 2002 foi criado o Arquivo Histórico, dando suporte para todos que queiram saber mais sobre o time. O Arquivo Histórico do Figueirense Futebol Clube possui mais de 700 fotografias devidamente catalogadas, cadastradas e indexadas em um programa especialmente criado para a organização de todos documentos. O ambiente possui uma área de 50 m². O mobiliário é composto de 1 microcomputador, 1 scanner, 1 condicionador de ar, 3 purificador de ar, 1 mesa redonda com 4 cadeiras, 1 encadernador em aspiral,  6 estantes, 3 armários e 7 arquivos com gavetas, todos de aço.
 

2.2 Tipo de Atividades desenvolvidas


As atividades desenvolvidas no Arquivo Histórico do Figueirense Futebol Clube são: identificação das fotografias; processamento técnico: classificação, catalogação e indexação; digitalização das fotografias; armazenamento na base de dados; higienização das fotografias e o respectivo acondicionamento e arquivamento das fotografias; clipagem diária dos jornais.
 

2.3 Tipo de Documentos e Itens da memória institucional


Os tipos de documentos e itens da memória institucional do Figueirense Futebol Clube são: fotografias – desde a mais antiga, do ano de 1923, até as atuais; jornais - Diário Catarinense, A Notícia e O Estado – jornais locais – além da Folha de São Paulo e Lance! e, ocasionalmente, outros jornais, classificados como jornais diversos; revistas esportivas de clubes de futebol; livros sobre esportes; camisas de jogos importantes, ou seja, de campeonatos conquistados até então; ingressos eletrônicos de todos os jogos realizados no Estádio Orlando Scarpelli – desde a implantação da catraca eletrônica em setembro de 2002; troféus tanto da categoria profissional quanto da categoria de base e dos esportes olímpicos; medalhas e bolas que representam as grandes conquistas do clube.
 

2.4 Exposição de jornais antigos 1920 e 1939 – anos 20 e 30


Além dos documentos acima citados, também estão sendo recuperadas as notícias na mídia impressa sobre o Figueirense Futebol Clube desde a sua fundação: 12/06/1921. A primeira notícia de que se tem registro sobre o clube saiu praticamente um mês após o nascimento do mesmo: 11/07/1921. Já foram resgatadas as notícias até o ano de 1939, através de fotografias tiradas dos jornais da época: O Estado e A República, em pesquisas realizadas na Biblioteca Pública do Estado de Santa Catarina. Com a posse deste material, foi realizada uma exposição no dia: 01/06/2005, no Memorial do Clube, em homenagem ao dia da imprensa, com as notícias mais importantes sobre o Figueirense nas décadas de 1920 e 1930.


 

Figura 1: Fotografia do jornal “O Estado” da 1ª notícia datada de 11-07-1921


2.5 Arquivo Fotográfico

O Arquivo especializado tem seu acervo documental relacionado com o esporte praticado: futebol. A principal preocupação do Arquivo Histórico é o Arquivo Fotográfico, pois esta é a melhor maneira de registrar momentos alegres ou não que ficam para sempre guardados/arquivados e para isso se faz necessário a classificação, separando as fotografias por Eventos, Campeonatos, Copa do Brasil e outros. Na fotografia abaixo aparece a equipe do ano de 1924, campeã do Torneio Início, no campo do Gymnásio Catharinense, quando venceu o clássico Avaí Futebol Clube pelo placar de 1X0.

Figura 2: Equipe de 1924


Na catalogação são transferidos todos os dados da fotografia para uma ficha de papel já personalizada para esta instituição, conforme mostra a figura abaixo.
 Na frente são preenchidos: o nome do autor; o título do campeonato/evento; o local; a data; o tipo de material; o tamanho; a descrição física e outras notas que se fizerem necessárias. No verso: o resumo do jogo/evento; a procedência do original; a data de entrada dos dados e o modo de aquisição – compra, empréstimo ou doação.
 

Figura 3: Ficha do Arquivo Fotográfico do Figueirense Futebol Clube


Após o preenchimento da ficha do Arquivo Fotográfico do Figueirense Futebol Clube, os dados são digitados na base de dados especialmente criada para o clube, com todos os dados necessários sobre o jogo ou evento realizado e a fotografia é digitalizada e enviada para um campo específico nesta mesma base.


 

 Figura 4: Tela do programa arquivo de fotografias

 

2.6 Usuários

O público atendido são os funcionários da instituição: Diretoria, que gosta de manter-se informada sobre as notícias diárias a respeito do clube; os departamentos de Assessoria de Imprensa e Marketing, para atender a mídia e as dúvidas dos torcedores, respectivamente; torcedores do clube, para obter informações sobre algum jogo importantes na história do clube ou sobre jogadores; pesquisadores, principalmente da área de Administração, Biblioteconomia, História e Educação Física, e a comunidade em geral.
 

3 CONCLUSÕES


O Figueirense Futebol Clube é pioneiro no Estado de Santa Catarina no que se refere à criação de um Memorial e Arquivo Histórico. Outros Clubes de outros Estados, como o São Paulo Futebol Clube, que inauguraram seu Memorial em 1994, segundo seu site oficial: www.spfc.com.br;  o Grêmio Foot-Ball inaugurou seu Memorial Hermínio Bittencourt em 19 de setembro 2004, em pesquisa realizada no site www.gremio.net  e outros internacionais como do time argentino Club Atletico Boca Juniors, preservam sua memória futebolística através de seus Memoriais.

As atividades desenvolvidas no Arquivo Histórico do Figueirense Futebol Clube são de grande valia tanto para a instituição quanto à aprendizagem dos estágios, estabelecendo uma relação entre o conteúdo teórico/prático do curso e as práticas biblioteconômicas/arquivísticas, além de adquirir conhecimento em um arquivo especializado.

A importância da organização da informação num clube de futebol consiste em: preservar a memória e oferecer, aos futuros torcedores e funcionários, informações organizadas e precisas.

Concluindo, é sempre com grande espírito de curiosidade e vontade de aprender que cada formando em Biblioteconomia e História, ao trabalhar na área de informação, procura se adaptar às especificidades da unidade de informação na qual presta seus serviços e/ou desenvolve suas atividades.

AGRADECIMENTOS

Agradecimentos: À Doutora Ursula Blattmann pelas orientações e críticas.
 

REFERÊNCIAS

CLUB ATLÉTICO BOCA JUNIORS 2005. Disponível em: <http://www.bocajuniors.com.ar>. Acesso em: 28/06/2005.
FIGUEIRENSE FUTEBOL CLUBE 2005. Disponível em:<http://www.figueirense.com.br>. Acesso em: 28/06/2005.
GRÊMIO FOOT-BAL PORTO ALEGRENSE 2005. Disponível em: <http://www.gremio.net>. Acesso em: 28/06/2005.
MARQUES, Adriana. Relatório de Estágio no Figueirense Futebol Clube. 2003. 26 f. Relatório Final de Estágio – Centro de Ciências da Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2003.
PIRES, Raquel Sell. Relatório de Estágio no Figueirense Futebol Clube. 2004. 18 f. Relatório Final de Estágio – Centro de Ciências da Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2004.
SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE 2005. Disponível em: <http://www.spfc.com.br.> Acesso em: 28/06/2005.
______
 

FIGUEIRENSE SOCCER CLUB HISTORICAL ARCHIVE

Abstract : This article has the purpose to explain and to divulge the activities developed at the Figueirense Soccer Club Historical Archive. The importance of the institutional memory, its organization, information retrieval and use. Distinguished the organization and also the document recovery for the organizational memory, such as: T-shirts, balls, trophies, and also photographs from the institution. As result is the presence of the institucional memory. Emphasizes the importance of the librarians from a soccer club to organizing and do the information retrieval in their environment.

Keywords: Historical Archive; Figueirense Soccer Club; Memorial.
______
 
 

Adriana Marques

Bibliotecária – Arquivo Histórico Figueirense Futebol Clube
Bacharel em Biblioteconomia - Universidade Federal de Santa Catarina. Bacharel em Letras – Português - Universidade Federal de Santa Catarina
E-mail: drimarq@yahoo.com.br
 

Raquel Sell Pires

Bibliotecária
Bacharel em Biblioteconomia formada pela
Universidade Federal de Santa Catarina
E-mail: quel_floripa@yahoo.com.br
Artigo recebido em: 05/08/2005
Aceito para publicação em: 19/12/2005
Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v.11, n.1, p. 195-204, jan./jul., 2006.

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis (Brasil) - ISSN 1414-0594

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.