As relações existentes entre a competência informacional e as diretrizes curriculares da educação básica brasileira

Rodrigo Pereira, Maralucia Martins de Jesus

Resumo


A Competência Informacional tem sido discutida em âmbito nacional, especialmente na última década, como metodologia capaz de aprimorar o processo educativo a partir do desenvolvimento de habilidades direcionadas ao acesso, uso e produção de novos conhecimentos, sugestionando o estabelecimento de uma real autonomia do educando. Este artigo resulta de algumas discussões e inquietudes geradas a partir do acesso ao conhecimento que fundamenta a Competência Informacional e, também, da prática profissional da pesquisadora em contexto escolar. Assim, questionaram-se as Diretrizes Curriculares da Educação Básica brasileira no sentido de perceber se os objetivos ali propostos evidenciam os objetivos cunhados pela Competência Informacional. Nesse sentido, este artigo propõe verificar se existem relações possíveis entre os objetivos da Competência Informacional e os objetivos das Diretrizes Curriculares da Educação Básica brasileira. Partiu-se do pressuposto de que a falta de elementos que evidenciem a prática da Competência Informacional inviabiliza ações contextualizadas e dirigidas ao desenvolvimento da competência citada, distanciando o processo de educação básica brasileiro das questões que se dirigem à própria informação, que se estabelece, na contemporaneidade, como elemento chave ao processo educativo, sobretudo quando propalada à Sociedade da Informação. Trata-se de uma pesquisa exploratória, de caráter documental, sob a perspectiva qualitativa. Para efeitos da coleta de dados, utilizaram-se as próprias diretrizes curriculares para a educação básica brasileira, especificamente a parte que trata dos seus objetivos, bem como os objetivos da Competência Informacional, caracterizados por Dudziak (2003). O caráter inovador da pesquisa reside em abrir caminho para que, percebidas as relações existentes entre os objetivos das diretrizes curriculares nacionais para a educação básica e os objetivos da Competência Informacional, novos estudos levem a que os objetivos da Competência Informacional passem a ser contemplados nas Diretrizes Curriculares para a educação básica brasileira. Como resultado da pesquisa foi possível perceber que a relação entre os objetivos instituídos nas Diretrizes Curriculares Nacionais e os da Competência Informacional mostra-se ainda em nível apenas ideológico e subjetivo, o que sugere a necessidade de que o processo educacional brasileiro, no que concerne à educação básica, deva aprofundar aspectos da Competência Informacional de modo a prover habilidades e competências capazes de gerar a autonomia necessária ao educando relativamente ao acesso, uso e produção de seu próprio conhecimento. Com base nessa percepção, não se pôde, nesta pesquisa, verificar se de fato a Competência Informacional tem tido espaço e, ainda, se tem sido desenvolvida como parte do arcabouço metodológico das escolas.


Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis (Brasil) - ISSN 1414-0594

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.