Qualidade de vida em bibliotecas: como a ergonomia e a ginástica laboral contribuem para rotinas mais saudáveis nas bibliotecas universitárias.

Danielle da Silva Pinheiro Wellichan, Marcella G. F. Santos

Resumo


A qualidade de vida é cada vez mais necessária às organizações, tendo em vista a quantidade de afastamentos apontados pelo Ministério do Trabalho na atualidade. Tanto a ergonomia quanto a ginástica laboral contribuem na busca por essa qualidade de vida tão desejada. Em ambientes informacionais cujos colaboradores em sua maioria cumprem longas jornadas, torna-se fundamental que a análise ergonômica associada à ginástica seja proposta e praticada a fim de propiciar melhores desempenhos. Esse foi o objetivo deste estudo, que analisou o ambiente de uma biblioteca universitária e, em virtude do cenário encontrado, propôs mudanças e exercícios para o bem-estar da equipe local. Mediante a avaliação dos colaboradores pelo fisioterapeuta, foram elaborados e propostos exercícios para a equipe, além da análise que o profissional fez do ambiente, detectando ajustes necessários e possíveis. Resultados iniciais apresentaram melhorias na disposição física dos colaboradores e ambiente mais favorável às jornadas de trabalho.

Palavras-chave


Qualidade de vida. Bibliotecas Universitárias. Ginástica laboral. Ergonomia.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis (Brasil) - ISSN 1414-0594

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.