Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas: uma análise bibliométrica no período de 2006 a 2015

Jimena Felipe Beltrão, Taíse Cruz Silva, Daniele Alves Alencar, Arlene Cristina Borges Lopes

Resumo


O estudo examina 30 edições do Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas no período de 2006 a 2015. Pesquisa de caráter quali-quantitativo, o levantamento utilizou duas técnicas de coleta de dados, a bibliográfica e a documental, além da aplicação de bibliometria para quantificar artigos e autores bem como a frequência de área e de temas; a frequência de artigos de uma mesma autoria e de temas recorrentes ao longo do período. No período estudado, identificou-se que cerca de 70 por cento dos artigos têm origem avulsa enquanto que só um terço do conteúdo publicado compõe dossiês temáticos. Já no que tange à autoria e à língua original em que foram escritos os artigos, 62 por cento dos artigos publicados são de autoria única e 82 por cento foram no idioma português. O Boletim apresenta participação de autores internacionais que corresponde ao critério da política e garante representação institucional variada e a colaboração acadêmica indispensáveis à qualidade científica. Os resultados desse estudo corroboram a necessidade de aperfeiçoar condutas editoriais com vistas à qualidade do conteúdo publicado, das competências dos autores e da diversidade temática ao tempo que estimula maior agilidade de processamento.

Palavras-chave


Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas. Periódico Científico. Bibliometria

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis (Brasil) - ISSN 1414-0594

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.