A valorização da cultura indígena a partir dos ambientes de inovação na região de Chapecó

Jéssica Bedin, Renata Cardozo Padilha, Thainá Castro Costa Figueiredo Lopes

Resumo


O presente artigo aborda a valorização da cultura indígena por meio da proposta de cooperação dos ambientes de inovação, que visa aproximar a informação e o conhecimento da sociedade. O objetivo é avaliar as possibilidades de preservação da cultura indígena, no que tange seu Patrimônio Cultural localizado na região de Chapecó, a partir da cooperação entre universidade, governo, empresas e os ambientes de inovação. No que tange aos procedimentos metodológicos trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva, de abordagem qualitativa, quanto aos procedimentos técnicos, pode ser classificada como uma pesquisa bibliográfica e documental. Como resultados da pesquisa foi possível conhecer os tipos de tribos indígenas presentes na região, identificar atores da tríplice hélice. Concluiu-se que o levantamento das iniciativas de valorização da cultura indígena por meio das ações apontadas na tríplice hélice da região metropolitana de Chapecó (SC), podem proporcionar respeito, reconhecimento e fortalecimento da identidade e da produção cultural dos grupos indígenas da região, além de promover a sustentabilidade das comunidades.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis (Brasil) - ISSN 1414-0594

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.