Uma reflexão sobre a importância do patrimônio carcerário como herança cultural brasileira

Daniela Rahhal

Resumo


Resumo: O patrimônio cultural de um país representa a identidade e preserva a memória de seus diferentes grupos, por meio da salvaguarda de elementos materiais e imateriais, que podem ser objetos, documentos, locais, rituais e/ou expressões, por exemplo. Entre os diferentes tipos de patrimônio cultural, encontra-se o patrimônio carcerário, do qual trata-se de elementos oriundos do sistema penitenciário, que refletem a história de todos os indivíduos envolvidos nos processos prisionais. Desta forma, o patrimônio carcerário deve ser preservado, devido a sua grande carga de memória e identidade. Contudo, no Brasil há deficiência nas políticas públicas de preservação dos elementos carcerários, em muitos casos, o Governo e/ou grupos políticos tendem a esconder informações procedentes dos processos prisionais brasileiros. Sendo assim, o presente estudo busca fazer uma reflexão sobre a importância da preservação do patrimônio carcerário, discorrer sobre a falta de políticas públicas brasileiras e apontar exemplos de patrimônios carcerários preservados, existentes no Brasil.

 

Palavras-chave: Patrimônio cultural. Patrimônio carcerário. Preservação do Patrimônio cultural.


Palavras-chave


Patrimônio cultural; Patrimônio carcerário; Preservação do Patrimônio cultural.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis (Brasil) - ISSN 1414-0594

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.