Análise de convergências entre projetos de promoção do acesso ao livro e à leitura voltados para crianças de 0 a 5 anos e os campos de experiências para a Educação Infantil na BNCC

Autores

Palavras-chave:

Promoção da leitura. Projetos de leitura. Base Nacional Comum Curricular. Campos de experiências. Educação Infantil

Resumo

Resumo: A promoção dos livros e da leitura no meio social deve ser concebida como atividade ininterrupta a fim de que as pessoas, desde muito novas, se valham da cultura escrita e das suas benesses para coatuarem e coparticiparem em sociedade. Os projetos de promoção do acesso aos livros e à leitura se constituem, portanto, como “incubadoras” desse hábito, em meio às tentativas para contornar o baixo índice de leitores no Brasil. Assim, desejou-se investigar o quão aderentes são as metas de projetos de promoção do acesso ao livro e à leitura voltados para crianças de 0 a 5 anos de idade dos campos de experiências para a Educação Infantil na Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Para tanto, a pesquisa partiu de duas hipóteses, sendo a nula (H0) e a alternativa (H1). Objetivo: A pesquisa objetivou constatar se há aderências significativas entre as metas dos projetos de promoção do acesso ao livro e à leitura voltados para crianças de 0 a 5 anos de idade e os campos de experiências para a Educação Infantil na BNCC. Metodologia: Os níveis de pesquisa empregados neste estudo são o exploratório e o descritivo. Sua abordagem é qualiquantitativa. O método Análise de Conteúdo (AC) foi utilizado. Resultados: Não se rejeitou a H0. Percebeu-se haver maior predomínio de metas voltadas à escuta, à fala, ao pensamento, à imaginação, aos traços, aos sons, às cores e às formas. Menor ênfase houve às metas que se referem ao eu, ao outro e ao nós, bem como aos espaços, tempos, quantidades, relações e transformações. Não houve registro para o campo de experiências que trata do corpo, gestos e movimentos. Por essa razão, considerou-se que haver maior ênfase em alguns campos experienciais do que em outros não desfavorece as aproximações saudáveis entre projetos de promoção do acesso ao livro e à leitura e os campos de experiências para a Educação Infantil. Conclusão: Conclui-se que mesmo que não haja diferenças significativas entre as metas de projetos de promoção do acesso ao livro e à leitura voltados para crianças de 0 a 5 anos de idade e os campos de experiências para a Educação Infantil na BNCC, é desejável que projetos desse tipo para o público-alvo nessa faixa etária e etapa da Educação Básica foquem a valorização da literatura nos seus aspectos estético e simbólico, bem como a (res)significação o objeto livro. Assim, as crianças podem aprender e se desenvolver em meio ao universo literário sem que lhes seja saqueada a potencialidade de tornarem-se leitoras bem-sucedidas das letras e do mundo.

 

Palavras-chave: Promoção da Leitura. Projetos de Leitura. Base Nacional Comum Curricular. Campos de Experiências. Educação Infantil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Everton da Silva Camillo, Universidade Estadual Paulista, UNESP

Doutorando e Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista (UNESP/Marília). Bacharel em Biblioteconomia e Ciência da Informação pela Universidade de São Paulo (USP/Ribeirão Preto)

Downloads

Publicado

2020-12-14

Como Citar

Camillo, E. da S. (2020). Análise de convergências entre projetos de promoção do acesso ao livro e à leitura voltados para crianças de 0 a 5 anos e os campos de experiências para a Educação Infantil na BNCC. Revista ACB, 25(3), 603–617. Recuperado de https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1726