Completude, consistência e correção em bases de dados digitais sobre mortos e desaparecidos políticos na ditadura civil-militar brasileira

João Alexandre Peschanski, Éder Porto Ferreira Alves

Resumo


O artigo compara quatro bases de dados sobre mortos e desaparecidos na ditadura civil-militar brasileira: a da Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos, a do site Desaparecidos Políticos, a do portal Memórias da Ditadura e a do relatório da Comissão Nacional da Verdade. Estas são avaliadas de acordo com a completude, a consistência e a correção das informações, a partir de métodos de análise de bases heterogêneas. Os resultados da comparação indicam variações na qualidade das bases analisadas, tanto se vistas umas em relação às outras quanto se avaliadas as propriedades internas das bases. A comparação envolveu a transferência dos dados nessas bases para o Wikidata, o que fez com que as informações heterogêneas, após curadoria computacional, formassem uma base semântica, mais completa, consistente e precisa.


Palavras-chave


Ditadura brasileira. Mortos e desaparecidos políticos. Bases de dados digitais. Wikidata. Humanidades digitais

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis (Brasil) - ISSN 1414-0594

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.