Plataformas de metadados editoriais: gestão de dados no mercado de livros e atuação do bibliotecário

Izabelly Gomes da Rocha, Márcia Feijão de Figueiredo

Resumo


O artigo aborda as plataformas de metadados editoriais, ambientes virtuais que atuam com intuito de centralizar os metadados editoriais em uma interface única, proporcionando a melhora da visibilidade dos produtos do mercado editorial e aumento das vendas. Esse tema ainda é recente na literatura e há menos de dez anos as plataformas estão presentes no cenário do comércio de livros brasileiro. O objetivo do trabalho é apresentar as principais características de duas plataformas de gestão de metadados editoriais que atuam no Brasil (Metabooks e MercadoEditorial.org) e trazer os primeiros apontamentos para esse serviço e sua relevância para o mercado livreiro, as bibliotecas, os autores e os bibliotecários. Possui como objetivo específico realizar apontamentos sobre a atuação do bibliotecário nas plataformas de metadados. Para o desenvolvimento do artigo foram realizadas pesquisas documentais e literárias e aplicada uma entrevista por e-mail a uma bibliotecária que atua em uma plataforma de metadados editoriais. Conclui-se que as plataformas contribuem com o mercado editorial, proporcionando um novo diálogo, no qual editoras e livrarias possuem os metadados de seus títulos qualificados, padronizados e inseridos em uma única interface, e que as plataformas são ambientes de atuação do bibliotecário.

Palavras-chave


ciência da informação; biblioteconomia; plataformas de metadados editoriais; mercado editorial; atuação profissional.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis (Brasil) - ISSN 1414-0594

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.