Biblioteconomia Social nas produções científicas nacionais: uma abordagem na indexação com a utilização dos termos Biblioteconomia Progressista e Nova Biblioteconomia

Autores

Palavras-chave:

Biblioteconomia. Ciência da Informação. Leitura

Resumo

Considerando as recentes práticas de bibliotecas que adotam uma postura de maior responsabilidade social ao trabalharem em suas comunidades e as produções científicas da Biblioteconomia, objetiva-se identificar e mapear a produção científica nacional indexada em diferentes bases de dados, que utilizaram de novas terminologias para designar uma abordagem social para a Biblioteconomia. Para tanto, adotou-se a pesquisa bibliográfica, do tipo exploratória e de cunho qualitativo e quantitativo, em que se apresenta um breve panorama histórico e conceitual dos termos Biblioteconomia Social, Biblioteconomia Progressista e Nova Biblioteconomia e um levantamento bibliométrico em fontes de base de dados de periódicos científicos nacionais, de publicações entre os anos de 2008 a 2021. Desse modo, observa-se um número crescente de publicações científicas que se utilizem de novas termos para designar uma abordagem social para a Biblioteconomia. Verificou-se que as produções científicas que tratam da temática da responsabilidade social e o papel das bibliotecas no mundo contemporâneo estão apropriando-se de nova terminologia como indexadores de suas pesquisas, demonstrando mudança de postura de atuação de profissionais e do campo da Biblioteconomia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo de Souza Lobo, Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FaBCI/FESPSP)

Graduação em Biblioteconomia e Ciência da Informação

Valéria Martin Valls, Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FaBCI/FESPSP)

Doutorado e Mestrado em Ciências da Comunicação e Graduação em Biblioteconomia e Documentação pela ECA/USP, além de extensão universitária em Docência pela FGV e Aperfeiçoamento em Tecnologia na Educação, Ensino Híbrido e Inovação Pedagógica pela Universidade Federal do Ceará. Coordenadora acadêmica e docente do curso de graduação em Biblioteconomia e Docente de pós-graduação da área de Ciência da Informação da FaBCI/FESPSP (Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FaBCI/FESPSP). Conselheira do CFB - Conselho Federal de Biblioteconomia (19a gestão 2022-2024), como representante dos cursos de Biblioteconomia das IES´s, além de Coordenadora da Comissão de Ética Profissional, Ouvidora e participante da Comissão de Diversidade e Acessibilidade. Membro do Conselho de Administração da SP Leituras - Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura. Coordenadora Regional São Paulo da ABECIN (Associação Brasileira de Educação em Ciência da Informação) gestão 2019-2022. Contemplada com o Prêmio da ABECIN de melhor TCC de graduação nos anos de 2014, 2016 e 2020, como orientadora. Consultora associada em projetos ligados à gestão da qualidade, informação e conhecimento. Palestrante nos seguintes temas: gestão do conhecimento, inovação e aspectos contemporâneos da área de Biblioteconomia e Ciência da Informação.

Downloads

Publicado

2023-01-20

Como Citar

Lobo, M. de S., & Valls, V. M. (2023). Biblioteconomia Social nas produções científicas nacionais: uma abordagem na indexação com a utilização dos termos Biblioteconomia Progressista e Nova Biblioteconomia. Revista ACB, 27(3), 1–29. Recuperado de https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1876