Bibliotecas escolares em rede: uma conversa, dois cenários

Autores

Palavras-chave:

Biblioteca Escolar. Rede. Redes de Bibliotecas Escolares. Gestão Escolar. Educação Pública - Santa Catarina.

Resumo

Resumo: Objetivo: Discute o cenário da Rede de bibliotecas escolares na Rede Municipal de Ensino de Florianópolis(SC) problematizando a partir desse cenário a inexistência  de uma rede de bibliotecas escolares no âmbito da Rede Estadual de Santa Catarina, ou seja, um outro cenário, no qual também não há bibliotecários nessas bibliotecas escolares. O arcabouço teórico está atento a autores como Tomaél, Alcará, e Di Chiara, Castells entre outros, e discute o conceito de biblioteca escolar na clave da universalização desse tipo de biblioteca, no Brasil, por meio da Lei 12.244/2010, somando os documentos da Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecárias. Metodologia: pesquisa exploratória descritiva, de abordagem qualitativa, ancorada a fontes bibliográficas e documentais. Resultados: a implementação e sucesso das bibliotecas escolares, e delas em rede, demanda vontade política, recursos financeiros e humanos, e contínuo aprimoramento profissional. A biblioteca da escola precisa de espaço e pessoal próprio; constar no Projeto Político Pedagógico; as redes de bibliotecas escolares devem constar nos organogramas das secretarias de educação, onde estão vinculadas; em rede, as bibliotecas escolares contribuem para melhor atender as demandas da sociedade. Considerações finais: Redes de bibliotecas escolares contribuem para proporcionar maior acesso dos usuários à leitura e escrita, promovendo a formação de cidadãos críticos. Por fim, as duas realidades, ainda que distintas, revelaram que muito há que se avançar para a garantia das bibliotecas escolares, uma vontade e consciência política da necessidade da gestão dessas bibliotecas por bibliotecários para esses espaços, com destaque, principalmente, à rede estadual pública de bibliotecas escolares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elizângela Pereira, Prefeitura Municipal de Florianópolis, UDESC, UFSC

Mestranda no PPGInfo/UDESC. Bacharela em Biblioteconomia (UFSC). Licenciada em Pedagogia pela Udesc. Bibliotecária na Prefeitura Municipal de Florianópolis.

Eliane Fioravante, UDESC

Doutora em Ciência da Informação (UFSC). Professora no PPGInfo/Udesc.

Gisela Eggert-Steindel, UDESC

Doutora em Educação (USP). Professora no PPGInfo e no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE), ambos da Udesc.

Downloads

Publicado

2023-01-20

Como Citar

Pereira, E., Fioravante, E., & Eggert-Steindel, G. (2023). Bibliotecas escolares em rede: uma conversa, dois cenários. Revista ACB, 27(3), 1–19. Recuperado de https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1891