Bibliotecas prisionais e a construção da cidadania: práticas bibliotecárias em favor da inclusão social <p> Prision libraries and construction of citizenship: libraries practices in favour of social inclusion

Autores

  • Jorge Santa Anna Universidade Federal do Espírito Santo
  • Eni Maria de Souza Pinto Zanetti Universidade Federal do Espírito Santo
  • Lucileide Andrade de Lima do Nascimento Universidade Federal do Espírito Santo

Palavras-chave:

Informação, Cidadania, Bibliotecas prisionais, Competências bibliotecárias, Inclusão social.

Resumo

Apresenta reflexões acerca das possibilidades de atuação do profissional bibliotecário, ao mediar a educação, a cultura e o lazer em busca da consolidação da cidadania, nas bibliotecas prisionais. Para tanto, através de pesquisa bibliográfica e documental, discute o direito de acesso à informação como insumo básico para concretização do exercício da cidadania na sociedade. Expõe os marcos legais que asseguram o direito de cidadania, conferido, de modo especial, aos detentos, destacando a oferta de condições dignas de convivência nos ambientes prisionais. Expõe a realidade do sistema prisional brasileiro, apresentando dados que confirmem a ambiência caótica e precária desses estabelecimentos. Discute a importância e a necessidade das bibliotecas prisionais e apresenta, de acordo com a realidade brasileira, a ausência de uma atuação bibliotecária efetiva. Por fim, conclui que, a realidade prisional brasileira não atende aos dispositivos legais, não viabilizando as potencialidades que a biblioteca tende a oferecer, sobretudo por meio da atuação de um bibliotecário. Aprende que, além de realizar atividades técnicas e tradicionais, o bibliotecário amplia seus fazeres ao atuar nesses ambientes, adquirindo competências em prol da inclusão social, atuando como agente de transformação social. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jorge Santa Anna, Universidade Federal do Espírito Santo

Bibliotecário atuante no ramo da Consultoria Informacional. Professor do Departamento de Biblioteconomia da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Eni Maria de Souza Pinto Zanetti, Universidade Federal do Espírito Santo

Graduada em Administração pela Faculdade de Ciências Econômicas de Colatina. Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Lucileide Andrade de Lima do Nascimento, Universidade Federal do Espírito Santo

Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Professora do Departamento de Biblioteconomia da UFES. Doutoranda em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília (UNB).

Downloads

Publicado

2015-04-06

Como Citar

Santa Anna, J., Zanetti, E. M. de S. P., & Nascimento, L. A. de L. do. (2015). Bibliotecas prisionais e a construção da cidadania: práticas bibliotecárias em favor da inclusão social <p> Prision libraries and construction of citizenship: libraries practices in favour of social inclusion. Revista ACB, 20(1), 67–85. Recuperado de https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/984

Edição

Seção

NÚMERO ESPECIAL - Painel: Biblioteconomia em Santa Catarina