O ensino de representação temática da informação a distância: a experiência da universidade de Caxias do Sul – UCS

The thematic representation of education information distance: the experience of South University Caxias

João Paulo Borges da Silveira

Resumo


O ensino de Biblioteconomia inicia no Brasil em 1915, com a primeira turma da Biblioteca Nacional com disciplinas de cunho humanístico. A partir dai surgiram outros cursos, como o do Instituto Mackenzie em 1929, seguindo a corrente norte-americana de cunho técnico e que já implantava em seu currículo disciplina de classificação bibliográfica. Os cursos de Biblioteconomia no país possuem currículo mínimo estipulado desde 1962. Desde então o ensino de Representação Temática da Informação e mais especificamente o ensino da Classificação Decimal de Dewey – CDD é conteúdo essencial e obrigatório para a formação de bacharéis em Biblioteconomia. Até 2013, todos os cursos de Biblioteconomia no Brasil eram na modalidade de ensino presencial, sendo a Universidade de Caxias do Sul – UCS a instituição a implantar o primeiro curso na modalidade a distância. O presente trabalho visa relatar a experiência da segunda oportunidade que a disciplina de Representação Temática I foi oferecida na educação a distância no país pela UCS, modalidade nova na Biblioteconomia brasileira e que tem ganhado novos alunos a cada ingresso, principalmente de estudantes que não conseguiam realizar o curso de forma presencial devido a distância dos grandes centros, onde os cursos em sua maioria são ofertados.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis (Brasil) - ISSN 1414-0594

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.